Cobie Smulders quer saber onde ela pode alugar um RV. (Veículo Recreativo)

A atriz de 34 anos, mais conhecida por seu trabalho em How I Met Your Mother, está fazendo sua estreia na Broadway em um revival de Noel Coward’s Present Laughter. Mas em uma recente manhã de segunda-feira a morena estava com a cabeça em julho, quando terminar seu trabalho, ela, seu marido (Taran Killam, que atualmente está estrelando em Hamilton) e suas duas filhas (idades 2 e 7) vão para a Califórnia.

Smulders quer fazer uma viagem pelo país em um trailer, mas ela está perdida por onde começar. Até que um de seus estilistas recomendou uma concessionária em Weehawen, New Jersey, no momento em que Smulders diz “eu vou entrar nisso”.

A atriz não é uma estranha em longas viagens. No início de sua carreira, ela fez uma jornada anual de sua casa em Vancouver para Los Angeles, para tentar sua sorte durante o piloto da temporada na série de TV (que vai de novembro a março). Ela e seus colegas de Canucks se referiram à viagem como “migração canadense”.

“Trabalhávamos em restaurantes durante todo o ano para ganhar dinheiro e depois ficamos três meses em Los Angeles enquanto estávamos tentando conseguir emprego”, disse Smulders ao Observer durante uma entrevista no Mosket Roomm, em Manhattan.

Smulders participou de clubes de teatro em todo o primário e secundária da escola, e também se mudou brevemente para Nova York para perseguir o seu propósito. Que foi onde ela viu “Rent” e logo sonhou em estar na Broadway.

Mas foram essas viagens para Los Angeles que deram mais frutos. Na verdade, durante a terceira temporada-piloto de Smulders, ela conseguiu seu papel como repórter de TV Robin Scherbatsy em How I Met Your Mother. A sitcom da CBS que estreou em 2005 e percorreu por nove temporadas.

“Foi uma daquelas coisas que apenas continuam seguindo”, disse Smulders.

Entre as partes mais mágicas dela (pelo menos para Smulders) foi que seu personagem também era uma estrela pop de alter ego chamado Robin Sparkles, cujos hits incluíam “Let’s Go To The Mall”.

“Uma das principais queixas para shows de longa duração é que eles se tornam mundanos”, disse Smulders. “Eu nunca me senti assim por causa de coisas como Robin Sparkles.”

Fora desse mundo da fantasia, Robin era o interesse de amor de Barney Stinson (Neil Patrick Harris) e Ted Mosby (Josh Radnor). De fato, no final da série, depois que a mãe morre, os filhos de Ted convence ele a dar uma outra chance para o relacionamento dele com Robin (depois de ela e Barney ter casado e divorciado).

Muitos fãs ficaram desapontados com a forma como a série terminou, e enquanto Smulders discorda, ela está contente de que as pessoas tenham opiniões fortes sobre isso.

“As pessoas ficaram realmente emocionalmente investida nessa série”, disse ela. “Eu pensei que foi uma bela maneira de terminar o tempo que passamos juntos.”

A base de fãs de Smulders se expandiu de fãs de comédias para fanboys de quadrinhos quando ela foi escolhida como agente da SHIELD (e companheira de Samuel L. Jackson) Maria Hill na franquia de “Os Vingadores”. Ela conheceu Joss Whedon (diretor dos dois primeiros filmes) através de sua colega de trabalho Alyson Hannigan.

Os humanos não são tão interessantes de assistir numa batalha, mas Joss é gentil e garante que cada ator tenha um momento”, disse Smulders que aparecerá no Os Vingadores: Guerra Infinita no próximo verão.

Ela também esteve presente na série “Desventuras em Série” da Netflix depois de esconderem misteriosamente a participação dela. A série cortou as cenas principais várias vezes para mostrar Smulders e Will Arnett algemados atrás de uma van e depois indo explorar o Peru, entre outras aventuras. O enredo inteiro acabou de ser um arenque vermelho. O enredo inteiro do casal acabou sendo um arenque vermelho.

“Meu personagem não morreu, então eu não tenho idéia do que eles vão fazer na próxima temporada”, disse ela.

Smulders está se concentrando na comédia, enquanto ela estrela em “Present Laughter”, que estreiou dia 5 de abril no teatro St. James. E é claro que seus instintos cômicos ainda são fortes, em um momento durante a sessão de fotos para este artigo, ela começou a mordiscar uma pimenta quando estava sentada no bar, uma visão para fazer até mesmo a mais endurecida risada cínica.

Embora esta seja a primeira vez de Smulders na Broadway, ela tem sido uma fã de Coward desde o início de sua carreira – ela fez cenas de seu clássico Private Lives em aulas de teatro.

“Eu amo a maneira como ele usa a comédia como uma arma”, disse Smulders.
O principal atirador em Present Laughter é Garry Essendine (interpretado pelo vencedor do Oscar e Tony, Kevin Kline ), um ator egocêntrico com uma libido insaciável que está passando por uma crise de meia-idade. Ao longo da peça ele negocia conflitos cômicos com sua esposa, produtor, diretor, secretário e criados, entre outros.

Smulders interpreta Joanna Lyppiatt, que é casada com o produtor de Garry, mas também é apaixonada pelo próprio Garry.

“Todos nós sentimos que podemos ajudá-lo, salvá-lo ou fazer a sua vida melhor de alguma forma”, disse ela. “Todos nós queremos estar com ele, e nós pensamos que o conhecemos, então é um pouco de um jogo tentando entrar no círculo interno deste mundo”.

Encenar com um excelente adversário como Kline mantém Smulders em seus dedos do pé. Ela descreveu-o como um “sábio idiota” que leva a comédia a sério.

“Ele continua mudando e mantendo as coisas interessantes”, disse ela. “Ele é como a água: tão fluido, indo de uma coisa para a outra. Ele é um verdadeiro artista.”

Os mesmos traços aplicam-se a própria Smulders, de acordo com o diretor de Present Laughter, Moritz von Stuelpnagel (nomeado ao Tony por Hand to God).

“Cobie foi construída para o teatro”, disse ele em um e-mail. “Ela é pensativa sobre contar histórias e precisa em sua comédia. Tem sido uma verdadeira alegria assisti-la assumir um personagem que de outra forma talvez se rebaixaria a um arquétipo e ter trazendo o personagem para a vida com humanidade dinâmica”

Enquanto o rápido estilo de escrita de Coward é semelhante ao de sitcoms como How I Met Your Mother, Smulders diz que sustentar esse ritmo por quase três horas apresentou um novo desafio.

“Estar em uma cena de 15 minutos é diferente de tudo que você precisa fazer em um filme ou TV”, disse ela.

A rotina da Broadway de ensaios e performances também teve um impacto na vida pessoal dos Smulders, especialmente desde que seu esposo está no mesmo barco — Killam está interpretando o Rei George III em Hamilton até 13 de abril.

“Obviamente, há situações como quem vai se levantar primeiro para cuidar das crianças” disse Smulders. “Mas, além da falta de sono, é maravilhoso. Estamos juntos de uma maneira que não estivemos antes”

Ela e Killam se reúnem para jantar juntos em dois dias de espetáculo. Smulders admitiu que ela tira proveito do fato de que seu futuro parceiro de RV ser o maior sucesso da Broadway.

“Estou tão feliz que ele é uma parte disso, e eu também sinto que sou uma parte disso, mas talvez eu esteja sendo apenas gananciosa”, disse ela.

Ganância a parte, Smulders disse que seu tempo em Nova York tem sido “um sonho” até agora.
“Eu continuo enganando as pessoas para me dar empregos, e agora estou na Broadway”, disse ela. “Sempre foi algo pelo qual eu gostaria de fazer parte e eu não posso acreditar que estou tendo esta experiência”

 

Confira essas fotos MARAVILHOSAS do ensaio fotográfico clicando nas miniaturas abaixo:

CSBR 002 150x150 - Cobie Smulders em ensaio fotográfico e entrevista para o jornal "The Observer"  CSBR 004 1 150x150 - Cobie Smulders em ensaio fotográfico e entrevista para o jornal "The Observer"  CSBR 005 1 150x150 - Cobie Smulders em ensaio fotográfico e entrevista para o jornal "The Observer"  CSBR 003 2 150x150 - Cobie Smulders em ensaio fotográfico e entrevista para o jornal "The Observer"

Tradução: Nathali e Gabriella | Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *