Quando Cobie Smulders se mudou para Manhattan três anos atrás ela tinha uma ótima razão e um objetivo. Sua razão: Depois de finalmente ser capaz de viver no mesmo cep que seu marido, Taran Killam (estrela de “Saturday Night Live”) Seu objetivo: Fazer algo na Broadway.

Agora ela pode riscar isso de sua lista, pois ela fez sua estreia na Broadway no mês passado em “Present Laughter” de Noel Coward, uma comédia afiada e sofisticada estrelada por Kevin Kline como um ator envelhecido que manipula as senhoras, de sua ex (Kate Burton) até a mulher de seu amigo (Smulders). Sortuda Cobie Smulders, apenas assistir Kline chegar seu reflexo no espelho. O show aclamado pela crítica será exibido no St. James Theatre até o dia 2 de julho.

Depois disso, Smulders, Killam e suas duas filhas irão se mudar de volta para Los Angeles, viajando pelo RV (espécie de um trailer sofisticado). A nativa de Vancouver, 35, apareceu na franquia da Marvel Comics “Os Vingadores” e será vista ao lado de Killam em “Why We’re Killing Gunther”.

“Present Laughter” parece ser perfeito para você mudar das telas para os palcos, é um conjunto de peças, assim como “How I Met Your Mother.”

Eu comecei a fazer teatro no ensino médio. Eu passei para a TV e cinema, mas eu sempre quis estar em cima dos palcos. No início foi um luxo ter um mês de ensaios, uma oportunidade para ajustas as coisas, jogar coisas desnecessárias fora, renovar com artistas surpreendentes. No filme, você tem sorte de conhecer todos eles antes de você estar com eles em frente às câmeras.

E você sobreviveu ao processo das prévias?

Isso foi o mais difícil [emocionalmente], porque eu tenho crianças pequenas. Estar no teatro do meio dia até meia noite todos os dias não é muito propício para uma vida familiar. Mas é temporário. Agora o desafio é manter viva a plateia todas as noites. É por isso que eu quero fazer teatro, passar por esses processos faz você ser um ator melhor. E eu quero me tornar melhor no que eu faço.

Trabalhar com Kevin Kline deve ser algo interessante.

É um estrago de riquezas. [Ela ri] Kevin… [Ela faz uma pausa] Não é apenas maravilhoso estar com ele em cima dos palcos todas as noites, mas é sempre diferente. Ele é tão talentoso, e é tão divertido trabalhar com ele. Assim como o resto do cast. É uma família unida, onde todo mundo se apoia. E fazer Noel Coward, esse discurso convincente em um divertido sotaque Britânico, toda parte do processo é deliciosa.

Como foi para aperfeiçoar o sotaque?

Ter filhas pequenas ajuda. Ler histórias antes de dormir várias e várias vezes, eu faço isso todas as noites que estou em casa, com forte sotaque Britânico. Então eu pratico todos os dias o meu sotaque por pelo menos uma hora. E para a mim sorte, minha mãe é britânica… então isso sempre esteve em meu mundo, esse tipo de voz.
Isso é útil, você é capaz de perguntar para sua mãe “Ei, isso soa bom? ”

Você sabe, atualmente ela mora no Canada já faz 40 anos… então eu realmente não confio em seu ouvido. Mas ela veio para o show, e ela estava tipo [Ela adotou um sotaque Britânico] “Cobie, pelos primeiros 10 minutos eu não sabia que era você!” [Ela deu risada]. Eu levei isso como um elogio.

Antes de você ir, uma outra coisa, porque nós estamos matando Gunther exatamente?

Todo mundo tem suas próprias razões.

É um ótimo título – “Porque estamos matando Gunther”.

É um mockumentary sobre um grupo de assassinos contratados onde todo mundo quer fazer vingança com esse homem. O assassino mais notório de todos os tempos. Taran escreveu, dirigiu e estrelou no filme. E eu fui sortuda demais por estar ao seu lado, interpretando sua ex namorada. Está realmente engraçado e único. Eu acho que as pessoas vão ficar animadas com isso.

E você realmente está voltando para Los Angeles… em um RV?

Oh, sim. Nós vamos fazer isso. Eu estou animada. Quando você é jovem, faz viagens que podem ser tediosas e monótonas mas tem algo que é tão… Eu não sei…. Familiar? Nostálgico? Eu não me lembro de ter um bom momento sentada atrás no carro dos meus pais. [Ela riu] Eu tenho certeza que eu estava desejando ter um Game Boy. Mas para mim, mais do que tudo agora, eu estou me realizada em viver numa bolha nos Estados Unidos. Eu gosto da minha bolha. É segura, e as pessoas pensam igual à mim.. Mas eu gostaria de ver em como é o resto do país.

Eu acho que vocês dois vão ser muito abençoados no final, ou estarão prontos para se matarem.

Eu sei. É um pouco arriscado. Mas tem beleza nisso. Eu vou estar em um aventura, não importa o que.

Tradução: Nathali

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *