Como quase todos sabem Cobie Smulders está trabalhando novamente em séries. Sua volta estará acontecendo na nova comédia da Netflix “Friends From College” que está prevista para Julho desse ano, porém sem data confirmada ainda.

A série que será de 8 episódios gira em torno de um grupo de amigos de Harvard que estão enfrentando seus 40 anos. Ethan (Keegan-Michael Key), Lisa (Smulders), Sam (Parisse), Nick (Faxon), Max (Savage) e Marianne (Park) têm relações entrelaçadas e muitas vezes complicadas entre si e explora antigas amizades, vida adulta com nostalgia do passado.

A série foi criada, escrita e produzida pelo casal Nick Stoller e Francesca Delbanco, ambos frequentaram Harvard. Stoller também dirigiu os oito episódios.

Segundo o diretor Nick Stoller a série que foi filmada em Nova Iorque tem um tom difrente de muito do que ele tem visto ultimamente, é uma série com desejos, e um pouco de fantasia do que sua vida poderia ter sido mesmo tendo pessoas querendo estragar ela. Já a nossa querida Cobie Smulders disse em entrevista para o AdoroCinema que a série é um pouco mais sombria do que How I Met Your Mother, e segundo ela eles xingam e bebem muito durante os episódios.

E mais, confira a entrevista que Cobie concedeu ao site brasileiro AdoroCinema ano passado durante a sua turnê de divulgação do filme “Jack Reacher: Sem Retorno”:

CSBR 001 150x150 - Nova série da Netflix estrelada por Cobie Smulders ganha sua primeira still

Quando Cobie Smulders se mudou para Manhattan três anos atrás ela tinha uma ótima razão e um objetivo. Sua razão: Depois de finalmente ser capaz de viver no mesmo cep que seu marido, Taran Killam (estrela de “Saturday Night Live”) Seu objetivo: Fazer algo na Broadway.

Agora ela pode riscar isso de sua lista, pois ela fez sua estreia na Broadway no mês passado em “Present Laughter” de Noel Coward, uma comédia afiada e sofisticada estrelada por Kevin Kline como um ator envelhecido que manipula as senhoras, de sua ex (Kate Burton) até a mulher de seu amigo (Smulders). Sortuda Cobie Smulders, apenas assistir Kline chegar seu reflexo no espelho. O show aclamado pela crítica será exibido no St. James Theatre até o dia 2 de julho.

Depois disso, Smulders, Killam e suas duas filhas irão se mudar de volta para Los Angeles, viajando pelo RV (espécie de um trailer sofisticado). A nativa de Vancouver, 35, apareceu na franquia da Marvel Comics “Os Vingadores” e será vista ao lado de Killam em “Why We’re Killing Gunther”.

“Present Laughter” parece ser perfeito para você mudar das telas para os palcos, é um conjunto de peças, assim como “How I Met Your Mother.”

Eu comecei a fazer teatro no ensino médio. Eu passei para a TV e cinema, mas eu sempre quis estar em cima dos palcos. No início foi um luxo ter um mês de ensaios, uma oportunidade para ajustas as coisas, jogar coisas desnecessárias fora, renovar com artistas surpreendentes. No filme, você tem sorte de conhecer todos eles antes de você estar com eles em frente às câmeras.

E você sobreviveu ao processo das prévias?

Isso foi o mais difícil [emocionalmente], porque eu tenho crianças pequenas. Estar no teatro do meio dia até meia noite todos os dias não é muito propício para uma vida familiar. Mas é temporário. Agora o desafio é manter viva a plateia todas as noites. É por isso que eu quero fazer teatro, passar por esses processos faz você ser um ator melhor. E eu quero me tornar melhor no que eu faço.

Trabalhar com Kevin Kline deve ser algo interessante.

É um estrago de riquezas. [Ela ri] Kevin… [Ela faz uma pausa] Não é apenas maravilhoso estar com ele em cima dos palcos todas as noites, mas é sempre diferente. Ele é tão talentoso, e é tão divertido trabalhar com ele. Assim como o resto do cast. É uma família unida, onde todo mundo se apoia. E fazer Noel Coward, esse discurso convincente em um divertido sotaque Britânico, toda parte do processo é deliciosa.

Como foi para aperfeiçoar o sotaque?

Ter filhas pequenas ajuda. Ler histórias antes de dormir várias e várias vezes, eu faço isso todas as noites que estou em casa, com forte sotaque Britânico. Então eu pratico todos os dias o meu sotaque por pelo menos uma hora. E para a mim sorte, minha mãe é britânica… então isso sempre esteve em meu mundo, esse tipo de voz.
Isso é útil, você é capaz de perguntar para sua mãe “Ei, isso soa bom? ”

Você sabe, atualmente ela mora no Canada já faz 40 anos… então eu realmente não confio em seu ouvido. Mas ela veio para o show, e ela estava tipo [Ela adotou um sotaque Britânico] “Cobie, pelos primeiros 10 minutos eu não sabia que era você!” [Ela deu risada]. Eu levei isso como um elogio.

Antes de você ir, uma outra coisa, porque nós estamos matando Gunther exatamente?

Todo mundo tem suas próprias razões.

É um ótimo título – “Porque estamos matando Gunther”.

É um mockumentary sobre um grupo de assassinos contratados onde todo mundo quer fazer vingança com esse homem. O assassino mais notório de todos os tempos. Taran escreveu, dirigiu e estrelou no filme. E eu fui sortuda demais por estar ao seu lado, interpretando sua ex namorada. Está realmente engraçado e único. Eu acho que as pessoas vão ficar animadas com isso.

E você realmente está voltando para Los Angeles… em um RV?

Oh, sim. Nós vamos fazer isso. Eu estou animada. Quando você é jovem, faz viagens que podem ser tediosas e monótonas mas tem algo que é tão… Eu não sei…. Familiar? Nostálgico? Eu não me lembro de ter um bom momento sentada atrás no carro dos meus pais. [Ela riu] Eu tenho certeza que eu estava desejando ter um Game Boy. Mas para mim, mais do que tudo agora, eu estou me realizada em viver numa bolha nos Estados Unidos. Eu gosto da minha bolha. É segura, e as pessoas pensam igual à mim.. Mas eu gostaria de ver em como é o resto do país.

Eu acho que vocês dois vão ser muito abençoados no final, ou estarão prontos para se matarem.

Eu sei. É um pouco arriscado. Mas tem beleza nisso. Eu vou estar em um aventura, não importa o que.

Tradução: Nathali

Cobie esteve presente no dia 24 de Abril no programa Live with Kelly, onde foi para falar um pouco sobre a sua estreia na Broadway em Present Laughter e aproveitou para contar como está sendo morar na grande cidade de Nova Iorque. 

Legendamos a entrevista completa em nosso novo canal no Youtube, confira abaixo:

 

10349 150x150 - [LEGENDADO]: Entrevista de Cobie Smulders no Live with Kelly 10350 150x150 - [LEGENDADO]: Entrevista de Cobie Smulders no Live with Kelly 10376 150x150 - [LEGENDADO]: Entrevista de Cobie Smulders no Live with Kelly lasflksaj´qq 150x150 - [LEGENDADO]: Entrevista de Cobie Smulders no Live with Kelly

 

Cobie esteve na after party da premiere de seu mais novo filme “Literally, Right Before Aaron” no dia (22/04)  que aconteceu no Tribeca Film Festival em Nova Iorque. Cobie posou para fotos ao lado de seus colegas de trabalho, Justin Long (Interpreta Adam no filme), Ryan Eggold (Diretor) e com o resto do cast.

Confira todas as fotos do evento clicando nas miniaturas abaixo:

CSBR2 150x150 - Cobie Smulders comparece na Premiere de "Literally, Right Before Aaron" no Tribeca Film Festival CSBR 0019 150x150 - Cobie Smulders comparece na Premiere de "Literally, Right Before Aaron" no Tribeca Film Festival CSBR 0026 150x150 - Cobie Smulders comparece na Premiere de "Literally, Right Before Aaron" no Tribeca Film Festival CSBR 0027 150x150 - Cobie Smulders comparece na Premiere de "Literally, Right Before Aaron" no Tribeca Film Festival

 

Ao que tudo indica Cobie Smulders terá uma participação na segunda temporada do programa de game-show “The Pyramid”, transmitida pelo canal ABC. A presença da atriz foi confirmada pelo site do programa.

The Pyramid é um game-show que já foi exibido entre 1973 e 2004, ele foi cancelado porém seu retorno aconteceu ano passado com um novo apresentador, Michael Strahan. O retorno da série foi um sucesso, atingiu a média de sete milhões de espectadores em sua primeira temporada. O game show conta com um elenco de estrelas famosas concorrentes de todo o país para competir uns com os outros com a esperança de sair vencedor de um premio em dinheiro no valor de 100 mil dólares. Cobie está escalada para enfrentar o premio com ator Ryan Eggold (The Blacklist). O programa terá o retorno no dia 11 de junho e será exibido às 23h (horário de Brasília).

Ainda não temos informações em qual episódio a Cobie participará.

 

Cobie Smulders foi fotografada ontem (15/04) saindo do teatro St. James  em Nova Iorque, onde acontece suas apresentações em Present Laughter. Vestindo um jeans, um blazer, uma boina e um tênis vans, Cobie como sempre esbanjou simpatia ao ser fotografada pelos paparazzi.

Adicionamos todas as fotos em nossa galeria, e você pode conferir clicando nas miniaturas em baixo:

CSBR 0007 150x150 - [Candids]: Cobie Smulders é vista saindo do teatro St. James em Nova Iorque CSBR 0020 150x150 - [Candids]: Cobie Smulders é vista saindo do teatro St. James em Nova Iorque CSBR 0003 150x150 - [Candids]: Cobie Smulders é vista saindo do teatro St. James em Nova Iorque CSBR 0018 150x150 - [Candids]: Cobie Smulders é vista saindo do teatro St. James em Nova Iorque

Mais de uma década depois de ter assumido o papel de repórter “Robin Scherbatsky” no programa de tv “Como eu conheci sua mãe”, a Cobie Smulders se tornou uma verdadeira Manhattanite. E fez a sua estreia na Broadway como Joanna Lyppiatt na comédia de Noel Coward, Present Laughter, atuando junto com Kevin Kline ator mais famoso do mundo no final dos anos 1930. Entre perfomances ou outra, a canadense Smulders ainda encontra tempo para apreciar sua cidade.

Você está fazendo sua estreia na Broadway em Present Laughter. Como é a peça?

Fazer Noel Coward é um grande privilégio. Sua linguagem e a inteligência que ele usa e dá aos seus personagens e o ritmo em que corre as cenas é tão divertido de assistir e tão divertido de executar. A história gira em torno do personagem de Garry Essendine, interpretado por Kevin Kline, que é apresentado como o ator de teatro mais famoso desta época. Eu gosto de pensar em Garry como o sol, e nós somos todos esses planetas orbitando em torno de seu calor e sua energia.

A peça realmente a transporta para um tempo diferente.

É como saltar em uma máquina do tempo e ir para um totalmente diferente. Esta é uma peça que Noel Coward escreveu no início da Segunda Guerra Mundial, para que os espectadores pudessem entrar no teatro e escapar por um tempo. Neste momento em nossa história, é um pensamento agradável também, poder ir ao teatro e rir e prestar atenção nesses personagens e nas circunstâncias bizarras que ocorrem no palco.

Como que é fazer teatro em Nova York em comparação a fazer TV e filmes em Los Angeles?

Essa experiência é realmente um sonho que se tornou realidade. Eu sempre amei fazer teatro, e estar na Broadway fazendo uma peça de Noel Coward com essas pessoas pessoas incríveis me faz ficar constantemente pensando “Como eu cheguei aqui?” É uma coisa tão divertida de descobrir todas a noites.

Como é sua vida na cidade?

É ótimo agora porque meu marido [ator Taran Killam] está em Hamilton, e nós temos esses intervalos maravilhosos entre dois dias de show, quartas e sábados, onde nós podemos sentar e ter um encontro de papai e mamãe [O casal tem duas filhas], que é uma raridade em nossas vidas agora. Nós moramos no centro, então nós amamos ficar em volta do Battery Park. Assim que ficar mais quente, eu vou ir andando de bicicleta para o trabalho todos os dias. Temos ido ao Sardi’s [restaurante em NY] porque é algumas quadras dos teatros e é tão maravilhosamente histórico. Tem sido o mesmo há 50 anos.

Muitos de seus fãs conhece você de “How I Met Your Mother”, onde você interpreta uma personagem que mora em Nova York.

Eu gosto de pensar que de alguma forma eu sou dessa cidade agora. Talvez a pessoas me vejam vagando por aí e elas simplesmente diz: “Oh, sim, é a Robin e ela é nova iorquina.”

Confira as fotos que Cobie fez para a revista (infelizmente em MQ) clicando nas miniaturas abaixo:            CSBR 001 1 150x150 - Cobie Smulders em entrevista para a revista Time Out de Nova York CSBR 002 2 150x150 - Cobie Smulders em entrevista para a revista Time Out de Nova York

Aconteceu oficialmente (05/04) a abertura de Present Laughter e a estreia de Cobie na Broadway St. James Theatre em Nova Iorque. Fazendo uma entrada reluzente Cobie se destacou usando um vestido do famoso estilista Joseph Altuzarra. Assegurando de que nada ofuscaria seu brilho, Cobie permaneceu deslumbrante durante a noite inteira, usando uma maquiagem leve e sandálias da Giuseppe Zanotti terminaram o seu look. 

aHR0cHMlM0ElMkYlMkYxLmJwLmJsb2dzcG90LmNvbSUyRi01SjB3LXVOYnplUSUyRldPYUp2TC1kYmRJJTJGQUFBQUFBQUJYeTAlMkZrTjNJVG1MQzVqSVUxSmJFM2Y0dUo5YnBCMDVLVVRXZFFDTGNCJTJGczY0MCUyRkNvYmllU211bGRlcnMuanBn 150x150 - Cobie Smulders na noite de abertura de Present Laughter

Antes de começar a grande noite de sua esposa, Taran Killam atualizou seu instagram com uma mensagem adorável falando sobre a estreia de Cobie na Broadway. Veja:

Normalmente não gosto de ficar muito pessoal em redes sociais mas hoje é a abertura da estreia dessa mulher na Broadway. Essa mulher, a mais gentil, a mais altruísta, mais deslumbrante com o mais educado coração que eu já conheci. Ele me seguiu para Nova Iorque pra me acompanhar em meu trabalho e definiu uma meta para si mesma. O único objetivo específico que já testemunhei foi: atuar em uma peça na Broadway. Neste três anos, ela subiu através de muitos cestos; Colocou-se de boa vontade e vulnerável enquanto manteve a prioridade em ser uma super Mãe e uma fenomenal parceira. Ela foi recebida com especulação, controlo e rejeição mas nunca desistiu de seu sonho. E hoje à noite ela percee que este sonho (Algo quepoucas pessoas já conseguiu alcançar) E ela fez isso com perfeição. Nunca estive tão sobrecarregado de orgulho em toda minha vida. Parabéns Cobie, você conseguiu. Obrigado pela inspiração e a incrível honra de ser seu marido.

Confira um pequeno vídeo das cenas de Present Laughter onde Cobie Smulders interpreta “Joanna Lypiatti”:

E mais, adicionamos em nossa galeria fotos em HQ de Cobie no tapete vermelho e durante a sua apresentação, para conferir basta clicar nas miniaturas abaixo:

Tapete Vermelho

CSBR 0004 150x150 - Cobie Smulders na noite de abertura de Present Laughter CSBR 0005 150x150 - Cobie Smulders na noite de abertura de Present Laughter CSBR 0009 150x150 - Cobie Smulders na noite de abertura de Present Laughter CSBR 0041 150x150 - Cobie Smulders na noite de abertura de Present Laughter

Show

CSBR 0012 150x150 - Cobie Smulders na noite de abertura de Present Laughter CSBR 0015 150x150 - Cobie Smulders na noite de abertura de Present Laughter 31277949 150x150 - Cobie Smulders na noite de abertura de Present Laughter 31277950 150x150 - Cobie Smulders na noite de abertura de Present Laughter

Cobie Smulders quer saber onde ela pode alugar um RV. (Veículo Recreativo)

A atriz de 34 anos, mais conhecida por seu trabalho em How I Met Your Mother, está fazendo sua estreia na Broadway em um revival de Noel Coward’s Present Laughter. Mas em uma recente manhã de segunda-feira a morena estava com a cabeça em julho, quando terminar seu trabalho, ela, seu marido (Taran Killam, que atualmente está estrelando em Hamilton) e suas duas filhas (idades 2 e 7) vão para a Califórnia.

Smulders quer fazer uma viagem pelo país em um trailer, mas ela está perdida por onde começar. Até que um de seus estilistas recomendou uma concessionária em Weehawen, New Jersey, no momento em que Smulders diz “eu vou entrar nisso”.

A atriz não é uma estranha em longas viagens. No início de sua carreira, ela fez uma jornada anual de sua casa em Vancouver para Los Angeles, para tentar sua sorte durante o piloto da temporada na série de TV (que vai de novembro a março). Ela e seus colegas de Canucks se referiram à viagem como “migração canadense”.

“Trabalhávamos em restaurantes durante todo o ano para ganhar dinheiro e depois ficamos três meses em Los Angeles enquanto estávamos tentando conseguir emprego”, disse Smulders ao Observer durante uma entrevista no Mosket Roomm, em Manhattan.

Smulders participou de clubes de teatro em todo o primário e secundária da escola, e também se mudou brevemente para Nova York para perseguir o seu propósito. Que foi onde ela viu “Rent” e logo sonhou em estar na Broadway.

Mas foram essas viagens para Los Angeles que deram mais frutos. Na verdade, durante a terceira temporada-piloto de Smulders, ela conseguiu seu papel como repórter de TV Robin Scherbatsy em How I Met Your Mother. A sitcom da CBS que estreou em 2005 e percorreu por nove temporadas.

“Foi uma daquelas coisas que apenas continuam seguindo”, disse Smulders.

Entre as partes mais mágicas dela (pelo menos para Smulders) foi que seu personagem também era uma estrela pop de alter ego chamado Robin Sparkles, cujos hits incluíam “Let’s Go To The Mall”.

“Uma das principais queixas para shows de longa duração é que eles se tornam mundanos”, disse Smulders. “Eu nunca me senti assim por causa de coisas como Robin Sparkles.”

Fora desse mundo da fantasia, Robin era o interesse de amor de Barney Stinson (Neil Patrick Harris) e Ted Mosby (Josh Radnor). De fato, no final da série, depois que a mãe morre, os filhos de Ted convence ele a dar uma outra chance para o relacionamento dele com Robin (depois de ela e Barney ter casado e divorciado).

Muitos fãs ficaram desapontados com a forma como a série terminou, e enquanto Smulders discorda, ela está contente de que as pessoas tenham opiniões fortes sobre isso.

“As pessoas ficaram realmente emocionalmente investida nessa série”, disse ela. “Eu pensei que foi uma bela maneira de terminar o tempo que passamos juntos.”

A base de fãs de Smulders se expandiu de fãs de comédias para fanboys de quadrinhos quando ela foi escolhida como agente da SHIELD (e companheira de Samuel L. Jackson) Maria Hill na franquia de “Os Vingadores”. Ela conheceu Joss Whedon (diretor dos dois primeiros filmes) através de sua colega de trabalho Alyson Hannigan.

Os humanos não são tão interessantes de assistir numa batalha, mas Joss é gentil e garante que cada ator tenha um momento”, disse Smulders que aparecerá no Os Vingadores: Guerra Infinita no próximo verão.

Ela também esteve presente na série “Desventuras em Série” da Netflix depois de esconderem misteriosamente a participação dela. A série cortou as cenas principais várias vezes para mostrar Smulders e Will Arnett algemados atrás de uma van e depois indo explorar o Peru, entre outras aventuras. O enredo inteiro acabou de ser um arenque vermelho. O enredo inteiro do casal acabou sendo um arenque vermelho.

“Meu personagem não morreu, então eu não tenho idéia do que eles vão fazer na próxima temporada”, disse ela.

Smulders está se concentrando na comédia, enquanto ela estrela em “Present Laughter”, que estreiou dia 5 de abril no teatro St. James. E é claro que seus instintos cômicos ainda são fortes, em um momento durante a sessão de fotos para este artigo, ela começou a mordiscar uma pimenta quando estava sentada no bar, uma visão para fazer até mesmo a mais endurecida risada cínica.

Embora esta seja a primeira vez de Smulders na Broadway, ela tem sido uma fã de Coward desde o início de sua carreira – ela fez cenas de seu clássico Private Lives em aulas de teatro.

“Eu amo a maneira como ele usa a comédia como uma arma”, disse Smulders.
O principal atirador em Present Laughter é Garry Essendine (interpretado pelo vencedor do Oscar e Tony, Kevin Kline ), um ator egocêntrico com uma libido insaciável que está passando por uma crise de meia-idade. Ao longo da peça ele negocia conflitos cômicos com sua esposa, produtor, diretor, secretário e criados, entre outros.

Smulders interpreta Joanna Lyppiatt, que é casada com o produtor de Garry, mas também é apaixonada pelo próprio Garry.

“Todos nós sentimos que podemos ajudá-lo, salvá-lo ou fazer a sua vida melhor de alguma forma”, disse ela. “Todos nós queremos estar com ele, e nós pensamos que o conhecemos, então é um pouco de um jogo tentando entrar no círculo interno deste mundo”.

Encenar com um excelente adversário como Kline mantém Smulders em seus dedos do pé. Ela descreveu-o como um “sábio idiota” que leva a comédia a sério.

“Ele continua mudando e mantendo as coisas interessantes”, disse ela. “Ele é como a água: tão fluido, indo de uma coisa para a outra. Ele é um verdadeiro artista.”

Os mesmos traços aplicam-se a própria Smulders, de acordo com o diretor de Present Laughter, Moritz von Stuelpnagel (nomeado ao Tony por Hand to God).

“Cobie foi construída para o teatro”, disse ele em um e-mail. “Ela é pensativa sobre contar histórias e precisa em sua comédia. Tem sido uma verdadeira alegria assisti-la assumir um personagem que de outra forma talvez se rebaixaria a um arquétipo e ter trazendo o personagem para a vida com humanidade dinâmica”

Enquanto o rápido estilo de escrita de Coward é semelhante ao de sitcoms como How I Met Your Mother, Smulders diz que sustentar esse ritmo por quase três horas apresentou um novo desafio.

“Estar em uma cena de 15 minutos é diferente de tudo que você precisa fazer em um filme ou TV”, disse ela.

A rotina da Broadway de ensaios e performances também teve um impacto na vida pessoal dos Smulders, especialmente desde que seu esposo está no mesmo barco — Killam está interpretando o Rei George III em Hamilton até 13 de abril.

“Obviamente, há situações como quem vai se levantar primeiro para cuidar das crianças” disse Smulders. “Mas, além da falta de sono, é maravilhoso. Estamos juntos de uma maneira que não estivemos antes”

Ela e Killam se reúnem para jantar juntos em dois dias de espetáculo. Smulders admitiu que ela tira proveito do fato de que seu futuro parceiro de RV ser o maior sucesso da Broadway.

“Estou tão feliz que ele é uma parte disso, e eu também sinto que sou uma parte disso, mas talvez eu esteja sendo apenas gananciosa”, disse ela.

Ganância a parte, Smulders disse que seu tempo em Nova York tem sido “um sonho” até agora.
“Eu continuo enganando as pessoas para me dar empregos, e agora estou na Broadway”, disse ela. “Sempre foi algo pelo qual eu gostaria de fazer parte e eu não posso acreditar que estou tendo esta experiência”

 

Confira essas fotos MARAVILHOSAS do ensaio fotográfico clicando nas miniaturas abaixo:

CSBR 002 150x150 - Cobie Smulders em ensaio fotográfico e entrevista para o jornal "The Observer"  CSBR 004 1 150x150 - Cobie Smulders em ensaio fotográfico e entrevista para o jornal "The Observer"  CSBR 005 1 150x150 - Cobie Smulders em ensaio fotográfico e entrevista para o jornal "The Observer"  CSBR 003 2 150x150 - Cobie Smulders em ensaio fotográfico e entrevista para o jornal "The Observer"

Tradução: Nathali e Gabriella | Fonte

Cobie Smulders e seu marido Taran Killam concederam uma entrevista para a revista Entertainment Weekly (edição de Março), enquanto eles estavam em um gastropub chamado “Clinton Hall” no centro de Manhattan. Nesta divertida entrevista os dois contam um pouco como se conheceram, contam um pouco sobre a lua de mel e como está sendo para os dois trabalhar em uma peça na Broadway. Na entrevista Cobie também comentou um pouco sobre seu sucesso em “How I Met Your Mother” e fala sobre um possível reencontro.

Confira a entrevista traduzida:

É possível ter crush em um casal? se sim, considere Taran Killam e Cobie Smulders os candidatos ideiais para isso. Os atores, os dois com 34 anos, esteve recentemente em Clinton Hall, um gastropub no centro de Manhattan, prontos para ter e espalhar diversão (e encantar a todos ao redor). Eles começaram a namorar no inicio de seus 20 anos, antes dos dois terem seus grandes papéis, Smulders interpretando Robin Scherbatsky em How I Met Your Mother e Killam se juntando ao cast do Saturday Night Live em 2010, onde ele ficou rapidamente conhecido por suas imitações de grandes celebridades como Harrison Ford, Matthew McConaughey, e Brad Pitt. Agora o par que vive na cidade de Nova York com suas duas filhas de 2 e 7 anos, estão prontos para assumir seus lugares na Broadway. No mês passado Killam fez sua estréia na Broadway quando ele entrou nos saltos altos do Rei George na monstruosidade cultural Hamilton. Smuldes vai rapidamente seguir os passos quando Present Laughter, o revival de Noel Coward strelando Kevin Kline começar no dia 10 de março. Killam pode ter tido uma performance naquela noite, e Smulders um ensaio mas isso nao os impediu de ingerir hambúrgueres, uísque e cerveja, e tendo uma conversa falando sobre tudo, cocktails de lua de mel até os medos de palco.

Taran você disse que não começou a beber até chegar nos 30. Como isso aconteceu?

Taran: Quando eu tinha 15 anos, eu estava em uma festa do pijama jogando um jogo e eu perdi. Eu tomei um shoot de vodka e foi nojento. Quando eu tinha 16 anos eu tinha uma cervejada no dia 4 de julho mas eu odiava. Mas então eu fiquei realmente doente durante SNL. Remédios já não estavam funcionando. Alguém sugeriu que eu tomasse uísque para me ajudar a dormir, e foi o melhor sono que eu tive na vida.

Cobie: Como o uísque de dormir está hoje em dia?

Taran: Está um pouco mais áspero. [Risos] Quando nós estávamos em nossa lua de mel no Petit St. Vincent [eles se casaram em 2012], Cobie pediu para o bartender fazer para ela a bebida favorita dele.

Cobie: O que deve ser uma coisa bem irritante para os bartenders.

Taran: E ele fez para ela um Mudslide! O que é literalmente um milkshake de àlcool. Tomei quatro naquela noite. Eu acabo um milkshake que você nem acreditaria. Como Scooby-Doo devora sanduíches de 18 camadas. É assim que eu faço.

Como vocês se conheceram?

Cobie: Oh, Taran você gosta de contar essa história.

Taran: Eu sou bom nisso.

Cobie: A versão curta e a menos entediante para as pessoas.

Taran: Espere aí, que implicância é essa?

Cobie: Taran fez amizade com um amigo meu do Canada, e esse meu amigo o levou para uma festa de aniversário. Nós tinhamos 22 anos. Nos damos bem

Taran: Isso foi apenas umas semanas antes do aniversário de 23 anos dela. Nós nascemos dois dias antes de diferença. Eu liguei para ela às 11 da manhã no dia seguinte. Eu não tinha nenhuma chance. Nosso primeiro encontro foi numa noite depois que ela tinha feito a primeira leitura do piloto de How I Met Your Mother

E agora, 12 anos depois, vocês dois estão fazendo suas estreias na Broadway quase no mesmo tempo! Taran como foi pra você saber que iria interpretar o Rei George no musical mais quente do mundo?

Taran: Eu sou amigo do [Diretor de Hamilton] Tommy Kail desde meu segundo ou terceiro ano em SNL. Quando eu vim da California para Nova York, eu queria entrar no teatro. Eu fiz The 24 hour plays [um benefício, onde são escritos, lançados, dirigidos e realizados em menos de um dia] todo ano. Tommy me escolheu para o seu show, e nos tornamos amigos muito rápidos. Nós costumávamos a citar a versão de The Office do Reino Unido, que foi o nosso vinculo. Quando Rory O’Malley estava indo embora, Tommy me chamou e perguntou pra mim. E eu disse, “É claro!”

Cobie: Como dizer não?

Taran: Eu já fiz 40 shows até agora, eu nunca tinha feito isso na minha vida. E é fascinante como todas as performance são diferentes uma da outra.

Você fica nervoso antes de subir aos palcos, ou fazer Saturday Night Live curou você disso?

Taran: Eu fico nervoso. SNL foi muito mais fácil do que isso. Lá eu tenho que cantar sério na frente de 1.300 pessoas. Mas é emocionante, eu adoro.

Cobie:  Eu só quero completar o que ele disse, porque eu acho que esse show é tão especial e todo mundo tem seu próprio relacionamento com ele como um fã. Então fazer um show como esse com pessoas que já fazem isso por muito tempo, é como um trem em movimento e há muita pressão, mas Taran tem sido tão maravilhoso e tem feito um trabalho tão incrível. Ele está detonando. E eu não estou dizendo isso como esposa dele! Eu estava na primeira apresentação. Eu acho que o melhor elogio que eu dei foi quando eu etava nervosa e ansiosa, então eu estava “Oh,  ele pode fazer isso para sempre”. Ele se encaixava nisso. [Ela se vira para Killam] Eu não sei se eu já disse isso pra você.

Taran: Você já disse tantas coisas boas pra mim durante todos esses anos que estamos juntos que eu parei de contar.

Suas filhas já viram o show?

Taran: A mais velha viu duas vezes. E a menor é muito nova.

Cobie:  O CD toca constantemente em casa, até mesmo antes do Taran estreiar no show. Nossas filhas conhecem quase todas as músicas.

Taran: É interessante como isso afetas as crianças. A experiência de audiência mais significativa que eu já tive foi quando eu estava olhando para a primeira fileira e lá tinha uma família com uma filha que devia ter provavelmente 6 ou 7 anos. Ela estava claramente afetada. O pai dela ficava chegando ela, olhando para ela pra ter a certeza que ela estava bem. Seu queixo tremia, ela levantou suas mãos até a boca e ela estava paralisada. A mãe dela estava segurando ela e o pai olhando, e eu fiquei tão tocado com isso. Eu já estou bastante afetado emocioalmente por causa do show. E então eu sai pela porta do palco, e eles estavam lá! E eu perdi a cabeça, essa família realmente me quebrou. Eu falei para eles que eles foram uma audiência muito maravilhosa e o quanto isso significou pra mim. Eu comecei a chorar. Quero dizer, eu perdi o controle [Risadas] e então eles me deram um cartão.

Cobie: Eles deram?

Taran: Sim! a garotinha desenhou uma foto minha e disse, “Eu amei vir para o show.” [Ele fez uma pausa quando começou a lacrimejar, e riu.] Eu não posso lidar com isso.

Cobie, você está ensaiando agora para Present Laughter, com Kevin Kline, Kate Burton, and Kristine Nielsen. Isso é uma grande companhia.

Cobie: É um grupo de atores muito brilhante, eu estou tão animada de estar trabalhando com Kevin, Kate e Kristine. Esses maravilhosos e verdadeiros atores de teatro. Eu fiquei um pouco intimidada com isso. Eu mal posso esperar para as performances começarem.

O teatro de vocês são perto um do outro. Vocês tentaram se encontrar para tomar algumas bebidas entre as performances?

Cobie: Não sei se estou naquela posição onde posso beber entre as performances, porque tem tenta coisa que eu tenho que dizer em sotaque britânico. Hmm, então eu me perguntou se seria pior ou melhor. [Risos] Minha mãe é britânica, então isso me ajudou. E antes de dormir eu leio algumas historias em sotaque britânico.

Você fez tanto sucesso na TV e em filmes, como Os Vingadores e Jack Reacher: Sem Retorno, mas o teatro é algo que você sempre quis fazer?

Cobie: Eu venho esperando por isso pela minha vida inteira. Sério.

Taran: Desde quando nós nos mudamos para Nova York, este tem sido o objetivo dela. Seu único foco era conseguir fazer uma peça. Ela trabalhou muito, e eu estou tão, tão orgulhoso. Eu acho que o esforço do trabalho dela foi recompensado com a qualidade desse show, com o cast e o diretor.  É tão conveniente, e tão merecedora do seu talento e de quem ela é como ser humano.

Cobie: É agora que nós deveriamos dar uns amassos?

Taran em agosto você terminou de filmar Why We’re Killing Gunther, que você escreveu, dirigiu, e estrelou ao lado de Arnold Schwarzenegger. Do que se trata o filme?

Taran: É um grupo de assassinos de aluguel em ascensão.

Cobie: E mulheres!

Taran: Sim, assassinos de aluguel que saíram para matar o hit-man mais dominante no jogo, Gunther. Ele é o Moby Dic da indústria assassina. Eles contratam uma equipe de câmera para documentá-los enquanto eles caçam Gunther para matá-lo. É estilo mockumentary.

Como foi ser diretor de Arnold Schwarzenegger?

Taran: Foi intimidador e emocionante. Ele é um profissional, quero dizer, ele fez um dos maiores filmes de todos os tempos, e ele aceitou fazer nossa pequena comédia boba! Nós estamos levando isso para Cannes em Maio.

Cobie, você teve uma participação no filme. Como foi para você ser dirigida pelo seu marido?

Cobie: Esse foi um projeto de paixão para Taran, então para mim foi fácil de dizer, “Me diz o que fazer, e eu vou me certificar de saber minhas falas.” Eu estava feliz e me sentindo sortuda em fazer isso com ele. Eu espero que ele continue me contratando para os projetos dele e dirigindo, porque ele é realmente um ótimo diretor.

Taran, você esteve no Saturday Night Live por seis anos. Você se sente estranho quando da 11:30 e você não está lá?

Taran: Eu trabalhei com as mais engraçadas, mais inteligentes e as maiores pessoas do mundo, e alguns dos meus melhores amigos eu conheci lá. Mas não tem uma vez que eu sinta falta desses horários. [Risos] Realmente não existe nada como isso, bom ou ruim.

Cobie e você, você sente saudades de fazer How I Met Your Mother?

Cobie: Eu sinto falta disso todos os dias. Foi um momento muito bom.

Tem havido alguma conversa sobre uma reunião, ou um filme?

Cobie: Eu adoraria sair com esse grupo de pessoas de novo amanhã mesmo, se eles quisessem. Eu não sou contra isso, eu amaria. Mas eu acho que pode ser muito cedo.

Você ficou surpresa com a reação dos fãs sobre o final da série?

Cobie: Eu fiquei surpresa que as pessoas eram tão apaixonadas por isso. A coisa bonita sobre nossa série é que nós vivemos nessa pequena bolha por tanto tempo, onde nunca fomos um enorme sucesso, mas nós continuamos por tempo suficiente. Isso foi até no final da temporada onde eu senti que as pessoas realmente estavam nos assistindo. I vou dizer que agora mais do que nunca, que eu reconheço, e eu acho que é por causa da Netflix. Além disso é surpreendentemente enorme no exterior. Eu estava em Portugal, e lá vai ao ar três vezes por dia! Quando eu sou reconhecida em Nova York, é sempre turistas que vem de outros países. [Logo após essa entrevista, dois turistas se aproximaram de Cobie para tirar uma foto, onde Taran se voluntariou para tirar.] E às vezes eu sou reconhecida por causa da Marvel [pelo papel dela como agente da SHIELD Maria Hill] Isso sempre é bom, considerando que eu fiz um pequeno papel no filme.

Taran: Me desculpe, mas fazer Capitão América e Viúva negra sem Maria Hill?

Cobie: Provavelmente, eles já teriam inventado algo.

Você pode dizer se nós vamos te ver no próximo filmes dos Vingadores?

Cobie: Eu não tenho permissão pra isso. Mas Maria é uma ótima personagem, e tem sido muito divertido fazer parte disso.

Taran: Não precisa ser um nerd, mas você deve saber que depois de Guerra Civil, Maria Hill é tecnicamente diretor da SHIELD.
Devo dizer que depois de passar esse tempo com vocês, eu tenho a impressão de que sua casa é muito divertida.

Taran: É uma boa casa! Embora esteja um pouco “navios de passagem” agora.

Cobie: Eu estou ensaiando de dia.

Taran: [Cantando na voz do Rei George] E eu performando a noiiiite!

Adicionamos na galeria as fotos + scans da revista, para conferir basta clicar nas miniaturas abaixo:

CSBR 001 1 150x150 - [Traduzido]: Cobie Smulders e Taran Killam em entrevista para a revista Entertaiment Weekly CSBR 003 1 150x150 - [Traduzido]: Cobie Smulders e Taran Killam em entrevista para a revista Entertaiment Weekly CSBR 004 150x150 - [Traduzido]: Cobie Smulders e Taran Killam em entrevista para a revista Entertaiment Weekly CSBR 005 150x150 - [Traduzido]: Cobie Smulders e Taran Killam em entrevista para a revista Entertaiment Weekly

 

Pages12345